terça-feira, 30 de junho de 2015

Títulos Públicos - Tesouro Direto

Olá Pessoal,

Primeiramente gostaria de me desculpar com os eventuais leitores que acompanham esse blog pela simplicidade das postagens. Quem está comigo há mais tempo sabe que não curto muito escrever e geralmente meus textos não são de agradável leitura.
Como temos outros colegas na nossa comunidade que fazem isso muito melhor que eu (soulsurfer e corey por exemplo) sinto-me menos pressionado em ser didático.
Meu foco sempre foi e será tentar trazer alguma novidade que me é oferecida ou que entendo que seja válida dividir com os demais, bem como alguma questão relevante que não foi discutida entre os demais da nossa comunidade.

Pois bem, pulando essa parte, recebi hoje de manhã um e-mail que lembrou de um assunto que queria dividir com vcs. A cobrança semestral do Tesouro Direto.
Tenho visto muitos novos investidores aplicando em Títulos Públicos. Acho isso super válido pois (se feito corretamente) tem-se ganhos bons com praticamente nenhum risco. Não vou aqui entrar no mérito de quais títulos existem no mercado e como eles funcionam.
O que eu quero trazer a tona é que existem 2 formas de se investir em títulos públicos. A primeira e mais tradicional é o Tesouro Direto enquanto que a outra é no mercado secundário (ainda pouco usado). Um ponto relevante entre essas 2 é o fato de que quando investimos no TD, os ativos são custodiados na BVMF pois essa tem uma "parceria" para esse serviço. O grande ponto é que essa "parceria" custa incríveis 0,3% aa do investidor! Soma-se a isso taxas de compra e liquidação e ainda o agente de custódia (corretora a que o cliente está vinculado) que em alguns casos cobrará mais 0,3% aa. Pelo que andei lendo, poucos sabem disso.
Comprando-se no mercado secundário não temos a cobrança dessas taxas e com isso a rentabilidade contratada (um pouco menor que no TD) passa a ser a real.
Procurando em vários sites, vi que a corretora onde invisto tem a menor taxa de custódia que é de 0,10% (para TD).
Sugiro aos que possuem TD que avaliem as taxas que estão pagando e aos que vão iniciar os investimentos que comparem antes de investir.

Caso tenha esquecido de algum ponto, fiquem a vontade para contribuir.

Abraço a todos

15 comentários:

  1. Olá Dividendos!

    Como funciona o mercado secundário do Tesouro Direto? Poderia explicar melhor?

    Obrigado!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo
      O mercado secundário, como o próprio nome diz, é o mercado das pessoas que compraram no primário e estão vendendo. Isso necessariamente não quer dizer que as taxas são menores. Isso vai depender de como está o comportamento da curva de juros. Vc pode comprar esses títulos pela corretora (nem todas disponibilizam).

      Excluir
    2. Olá querido povo, eu sou deputada Lopez Nuel, eu só quero que todos vocês sabem que eu sou um empréstimo credor privado que a oferta de empréstimos a 3% de taxa de juro baixo por isso, se você está lá fora na necessidade de empréstimo de quaisquer razões financeiras em tudo , então você terá que entre em contato conosco na Via (lopeznuel@outlook.com) para obter mais informações sobre esta operação fundos de empréstimo

      Cumprimentos
      Sra Lopez Nuel

      Excluir
  2. Respostas
    1. Sem querer ser chato, mas poderia publicar a sua carteira?

      Excluir
    2. XP
      Escritório - Valle Investimentos

      Excluir
  3. Qual você usa no secundário? SISBEX (BMF&Bovespa), o Cetipnet (Cetip) e o E-Bond (Bloomberg)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. vou pela corretora mesmo que é mais prático e as vezes eu consigo participar da negociação de pacotes maiores.

      Excluir
  4. Dividendos,

    Não sei se vc conhece este link... Mesmo assim, pode ser útil para seus leitores.

    http://www.tesouro.fazenda.gov.br/web/stn/tesouro-direto-ranking-dos-agentes-de-custodia

    abs!

    ResponderExcluir
  5. Dividendos,
    Parabéns pelo post. Você sempre traz os "bastidores" dos investimentos para a blogosfera. Que continue assim.

    abs

    ResponderExcluir
  6. É verdade. Você pode se livrar da taxa de 0,3% a.a., porém esses títulos embutem um risco maior, já que eles não estarão em seu nome e CPF na CBLC, o que dá margem para fraudes (vide Corval). Prefiro pagar um pouco mais pela segurança. Mas cada investidor que decida o que é melhor para si. Abraço.

    ResponderExcluir
  7. Olá Dividendos,

    Apenas para esclarecer alguns pontos:

    - Os títulos adquiridos no mercado secundário são repassados ao CPF do novo comprador e ficam custodiados na CBLC (Bovespa). Para verificar se os títulos estão realmente em sua custódia, basta acessar o site CEI (Canal Eletrônico do Investidor).

    - O fato de não haver cobrança da taxa de 0,3% a.a., significa que o agente custodiante não está lhe prestando o serviço de guarda dos títulos. Isso significa que os títulos comprados não foram transferidos para o CPF do investidor.

    - Alguns bancos/corretoras oferecem títulos públicos de suas respectivas Tesourarias aos clientes (não são títulos do mercado secundário ofertados nas plataformas Sisbex, Cetip e E-bond). Infelizmente algumas corretoras/bancos não se preocupam tanto em informar adequadamente aos clientes a origem dos títulos oferecidos (mercado secundário ou Tesouraria), o que causa certa confusão. A custódia dos títulos comprados através das tesourarias dos bancos/corretoras não é transferida para o CPF do cliente comprador. Portanto, ao comprar títulos das Tesourarias, o investidor está não está coberto pelas garantias do sistema Tesouro Direto, na verdade está depositando voto de confiança na instituição financeira: tanto pelo fato de que o título negociado realmente exite, quanto pelo fato de que receberá de volta os recursos devidos na data de vencimento do título.

    - Uma dica para verificar se os títulos são de Tesouraria ou do mercado secundário está no spread das taxas. Títulos de Tesouraria possuem spread bem maior.

    Abs,

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá FI
      Como sempre contribuindo de forma direta e muito produtiva.
      Vc é sempre bem-vindo a escrever aqui.
      abraço

      Excluir
  8. Olá Dividendos!

    Acompanho seu blog há algum tempo, por indicação de um amigo. Parabéns pelas postagens e muito obrigado pelo esforço em compartilhar conosco suas experiências. Já aprendi bastante com você.

    A questão dos títulos do tesouro e da custódia foi bem mencionada por alguns colegas. É importante ficar atendo às corretoras que oferecem determinados produtos sem a vinculação ao seu CPF nas câmaras de custódia. Você paga menos taxa mas tem mais risco embutido. A verdade é que não existe almoço grátis rs

    Eu utilizo uma corretora que cobra 0% de taxa, mais a taxa de 0,3% de custódia. É claro que eu sei que eles oferecem o TD a 0% como isca para comprar outros produtos deles, mas isso fica totalmente a meu critério. Se bons produtos são oferecidos, não hesito em adquirir.

    Mais uma vez obrigado por compartilhar suas experiências neste espaço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Anônimo
      Fico contente se de alguma forma lhe ajudo.
      Abraço

      Excluir