sábado, 20 de abril de 2013

Experiencias com LC em BBAS (parte II)

Ola Pessoal
Conforme ja postei anteriormente, pretendo divulgar as minhas experiências (boas ou nao) nos lançamentos de opções de BBAS. Segue abaixo as movimentações efetuadas:
 - Janeiro: 300 acoes na carteira tendo feito lançamento na serie A26 com premio de R$0,20 totalizando R$40,00. Nao fui exercido.
 - Fevereiro: 400 acoes na carteira tendo feito lançamento na seria C27 com premio de R$0,22 totalizando R$88,00. Nao fui exercido.
 - Marco: 500 acoes na carteira tendo feito lançamento na serie D28 com premio de R$0.32 totalizando R$160,00. Fui exercido e recebi R$27,15/acao.
 - Abril: 600 acoes na carteira. Recomprei a 26,99 (bem abaixo do preco exercido e durante a mesma semana), tendo feito lançamento na serie E29 com premio de R$0,34 totalizando R$204,00.

Considerações gerais:
Mesmo tendo sido exercido, consegui comprar logo após em um preco R$0,16 abaixo. Também considero positiva ate o momento o aumento mensal dos ganhos com os lançamentos feitos. A ideia eh continuar comprando 100 acoes/mes e conseguir ter uma parte do meu fluxo de caixa proveniente desse tipo de operação + dividendos recebidos pela empresa. Quem sabe uma meta de 10.000 acoes seria um valor interessante para longo prazo....veremos.
Abraço e bom final de semana a todos.

60 comentários:

  1. Quem dera eu ter um rendimento desses quando brinquei com as opções.

    Estou estudando as opções agora, vamos ver o que irei conseguir.

    Uta!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Estagiário
      Provavelmente estudando mais, conforme vc disse que esta fazendo, vc ira brincar menos e investira mais.
      Com isso suas chances de sucesso aumentarão.
      Abraço

      Excluir
  2. Parece que valeu a pena. Mas você acha válido o retorno em relação aos riscos? Por exemplo, você foi exercido, e ainda bem que recomprou a um preço menor. Mas esta recompra poderia demorar. Além disso, se não me engano, ao ser exercido você terá que pagar IR na venda, mesmo que esta venda seja menor que 20k. Diante de tudo isso, vale a pena? Não estou contestando, mas sendo sincero na pergunta se, devido à sua experiência, vale a epna continuar fazendo LC.
    Particularmente não faria LC com BBAS abaixo de 30 reais, ainda mais com baixa liquidez nas opças.

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá AdP
      Obrigado pela visita. Questionamentos sao sempre validos pois servem para avaliarmos a estratégia.
      Considero o risco x retorno aceitável. Antes de mais nada, importante a avaliação do papel/empresa, que na minha opinião eh se qualidade. Antes mesmo de pensar em fazer LC, pretendia ter BBAS na carteira. Portanto estou apenas potencializando os ganhos. Com certeza eu corri riscos de ser exercido e poder demorar pra recomprar. Tanto que para teres uma idéia, eu ja tinha utilizado esse dinheiro para outras compras pois nao acreditava numa queda tao rápida. Tive um pouco de sorte. Com relação ao IR, fiz venda de parte das Geti que tinha com prejuízo e com isso consegui dinheiro pra recompra e fiz o balanceamento dos lucros e prejuízos no mês.
      Por ultimo, nao vejo problema com a baixa liquidez. Como pretendo fazer uma venda somente no mês, isso nao chega a incomodar.
      Se nao fui muito claro em algum ponto na resposta, sinta-se a vontade para questionar.
      Abraço

      Excluir
    2. Se eu recomprar as opções vendidas, não deixando exercer, eu também preciso pagar IR se tiver lucro? Ou é só quando há o exercício?

      Obrigado e parabéns pelo blog!

      Excluir
    3. Ola Rodrigo
      Que eu saiba sim, precisa pagar.
      Se alguém quiser postar alguma explicação mais completa, fique a vontade.
      Obrigado pela visita.
      Abraço

      Excluir
    4. Se houver ganho, precisará pagar sim.
      Abraços

      Excluir
  3. Novinho em opções20 de abril de 2013 17:48

    Vocês conhecem esse livro?
    http://produto.mercadolivre.com.br/MLB-479038356-livro-comprando-acoes-e-vendendo-opcoes-_JM#

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Novinho
      Nao conheço nem havia escutado sobre ele.
      Abraço

      Excluir
  4. Só uma curiosidade quando fostes exercido te cobraram corretagem de mesa 0,5% + R$25?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Anonimo
      Pra ser sincero nem olhei nesse caso em especifico, mas devem ter cobrado o valor que sempre me cobram (R$10,00).
      Durante a semana vou olhar, e se tiver sido diferente disso, irei postar.
      Abraço

      Excluir
    2. No primeiro lançamento vc pagou R$ 20,00, duas corretagens, para ganhar R$ 40,00, se tudo der certo, não acha pouco?
      Acredito que agora com 600 ações, e seguindo comprando, os lucros aumentarão. Parabéns e continue os relatos.

      Excluir
    3. Ola Anonimo
      No primeiro lançamento, como o valor era baixo, solicitei ao meu corretor isenção da taxa de corretagem. Entao os R$40,00 foram praticamente todos pra minha conta.
      Realmente a partir dessas 600 acoes, as taxas representarão cada vez menos.
      Abraço

      Excluir
    4. Dividendos,

      eu acho q vc deve ter pago a corretagem da Mesa, esse é o padrão q eu saiba.

      E dependendo do volume, pode ser uma facada e tanto.

      Eu acho vc misturou trades com lançamento. O certo deveria ter recomprado as opções no prejuizo.

      Se os papéis continuassem subindo, vc teria não conseguiria mais recomprar as 500 ações com o mesmo dinheiro......

      []s!

      Excluir
  5. Ja dizia o mestre Bastter: "Cuidado com a soberba do vendido!"

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Anonimo
      Nao consigo ver qualquer soberba nas minhas palavras acima, tao pouco nas atitudes.
      Mas de qualquer forma, obrigado pelo aviso.
      Abraço

      Excluir
    2. O cara pega uma frase solta em um outro blog e vem tirar onda de esperto. Quando vc lança opções vc não fica ¨vendido¨animal.

      Excluir
    3. Anonimo, vc fica vendido.

      Excluir
    4. Anonimo q chamou o cara de animal: Vai estudar burrao!!!!

      Excluir
  6. Anônimo,

    Vou discordar de você.

    Pelo que sei, se vc opera OTM, vc está vendido, pois está apostando que o papel sofrerá uma queda ou no mínimo manterá o preço atual, de forma a não ser alcançado o strike e vc ser exercicido.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Vc tem razao. O anonimo ai de cima quis dar uma de experiente, chamou o cara de animal mas nao faz nem ideia do que falou.

      Excluir
  7. Olá bons dividendos!

    Vi que vc adicionou meu blog a sua lista de blogs. Te agradeço! Vou colocar o seu blog na minha lista também!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola FDM
      Tamo junto nessa luta pra sair dessa corrida dos ratos.
      Abraço

      Excluir
  8. Ola Pessoal
    Para os que insistiam em saber por que eu sai do XPGA.
    Confirmou hoje a noticia de que vai haver mais uma subscrição desse FII.
    Como nao tinha interesse em participar, logo que fiquei sabendo pulei fora.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Dividendos,
      Quem passou essa informaçao?

      Excluir
  9. Muito bom vc relatar sua experiência com lançamentos cobertos. Mas deixar exercer não é vantagem, pois no longo prazo vc terá menos papéis e patrimônio menor. A venda coberta, mesmo que bem beita, também gera prejuízo de vez em quando.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo totalmente contigo Sr Troll

      Excluir
    2. Ola Troll
      Vc esta correto.
      O ponto eh que como eu estava sendo exercido após uma grande seqüência de alta, esperava que no curto prazo ele fosse ter uma correção, o que de fato aconteceu e eu pude comprar abaixo do preço exercido, ou seja, mantive o número de ações sem gastar a mais com isso. Estou ciente dos riscos que corro deixando ser exercido, porém, na minha opinião, eh uma questão de ter disciplina, paciência e um pouco de sangue frio.
      Grande abraço e fique a vontade pra comentar.

      Excluir
    3. Rei Troll, agradeceria se sua majestade retornasse ao paco real, o mindingu ta tomando conm ta la

      Excluir
  10. o que vc acha que e melhor pra fazer juro composto: FII ou VENDA COBERTA?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu sei que vc nao tem bola de cristal e nao tenta prever o futuro, mas vc tem experiencia com mercado.
      na sua opiniao que pode falhar e nao deve ser precisa, vc acha que com a queda no mercado imobiliario, pois em regioes em sp a coisa ta feia e a especulacao acabou. muita casa que se vendia a 3x valor de compra agora sao vendidas pelo valor de compra ou menos.
      como uma crise no setor atinge os FII? com baixa nas cotas? vc ja passou por isso?
      acha que agora é um bom momento pra entrar ou que nao?

      Excluir
  11. Boa noite.
    Estou querendo iniciar a minha carteira de FII com 900k.
    Eu sei que a intencao é gerar renda pra fazer juro composto.
    mas como fica o valor das cotas?
    nao estao oscilando muito?

    nao tem o risco de ganhar no mes e perder na cota e empatar no longo prazo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, por favor, não comece.

      Renda para fazer juro composto? Como as cotas são pagas mensalmente você só seguirá essa lógica se reinvestir todo o dinheiro dos alugueis nas cotas e mesmo assim, cota de FII, devido a baixa liquidez, não oferece nenhuma estabilidade.

      Caso você tenha patrimonio de 10M talvez possa colocar 1M em FII, fora isso, esqueça, cotas estão na altura, mercado extremamente valorizado, pico, queda nas vendas de imóveis, alugueis pressionados e empresas atrasando o pagamento, não compensa.

      Excluir
    2. Crispin, vc acha que entrar nos FII agora nao é boa ideia???

      Excluir
    3. Péssima ideia, não teria pior momento pra entrar, basta ver a valorização que tivemos nos últimos três anos, estamos claramente em uma bolha imob e consequentemente de FII's, pode ter certeza que em um momento de alta juros, que não deve tardar, poderemos ver cotas se desvalorizando BRUSCAMENTE, já que se a SELIC pagar 10%, porque eu manteria meu dinheiro em um FII que paga 6% ao ano? Com risco de desvalorização da cota?

      O que vai ocorrer? Veja, se um FII tem cota negociada a R$100,00 e paga 6% a.a temos R$6,00 de alugueis, com a SELIC a 10%, para equalizar o restorno, como o aluguel é reajustado somente pela inflação, a cota deverá valer R$60,00 para que possa igualar a renda fixa, colocando ainda o risco de desvalorização e liquidez eu diria que poderia bater nos R$40,00 no longo.

      Excluir
    4. selic a 10%, acredita nisso? eu acho que deveria estar neste patamar pra conter a inflacao, mas o governo n fará isso.

      uma outra questao é saber quanto valia alguns FII na epoca de selic de 2 digitos.
      e talvez o dono do blog saiba responder, pra gente ter certeza que uma queda tao forte assim ocorreria.

      é complicado. fico com tutu parado em RF e rende bem menos, uns 0,7% pra mim ja estaria excelente em FII. mas tenho medo das cotas cairem abaixo do valor patrimonial.

      Excluir
    5. Coloca isso em uma LCI da Caixa, está pagando 90% do CDI, líquido está dando cerca de 0.55 ao mês, na situação de instabilidade atual acaba que compensa.

      Excluir
    6. 90% do cdi? vc ouviu isso da boca do gerente? me manda um link pra eu ler isso.
      o banco do brasil paga 84,5% do cdi pra quem tem mais de 500mil e nao chega a 90% em nenhum caso, nem com 10milhoes.
      onde vc viu isso na caixa?

      Excluir
    7. Tenho cerca de R$ 700,000 em uma LCI da Caixa, carência de 90 dias, rentabilidade: 90% do CDI.

      Excluir
    8. eu trabalho com o BB estilo.
      na caixa tem algum segmento especial que nao seja pro varejao?
      abraco

      Excluir
  12. Que viagem é essa que OTM agora é operar vendido?

    Qual o sentido de eu apostar na queda fazendo venda coberta? Digo venda coberta porque você, pessoa física, não consegue fazer venda de calls a descoberto.

    Na prática opções é um instrumento de hedge, quando você vende uma call OTM você não necessariamente aposta na queda para não ser exercido, na pratica a queda é péssima, já que suas ações vão se desvalorizar.

    No mais, sugiro que o dividendos estude mais sobre essa operação, no longo prazo ela é claramente não lucrativa, basta rodar um back test simples e verá, que os ganhos de todo um ano vão embora facilmente com upside de 10% que ocorra em um mês.

    Não compensa a dor de cabeça e a corretagem gasta.

    ResponderExcluir
  13. E eu sugiro que o anônimo se informe um pouco mais.
    O que o Dividendos está fazendo se chama: Venda coberta de remuneração
    Onde se aposta na queda, para ganhar a diferença entre o que recebeu na venda e o que se pagou para recomprar (zerando a posição).
    O ganho será utilizado para recomprar mais ações, potencializando assim a carteira.
    Não é nada extraordinário, mas é um pinga pinga que no longo prazo se mostra muito eficiente.

    Pode começar por aqui:
    http://www.youtube.com/watch?v=56MJWb55uRM

    Abs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rapaz, no longo prazo se mostra muito eficiente? Na boa, fico abismado como que o pessoal começa operar na base do "achismo", lendo blogs na internet e vendo vídeos no youtube, aí depois vem a "naba" e começa o mimimi, dizem que é o mercado é manipulado e bla bla bla.

      Você pode até chamar isso de venda, mas na prática não é, não faria sentido você "shortear" a sua própria posição, você está LONG no papel, como você vai apostar em uma queda se está comprado? Faria sentido? Se você acha que vai cair venda sua posição e entre realmente SHORT, aí sim você vai estar vendido! Existem algumas maneiras de "shortear" e pode ter certeza que essa que você disse não é uma delas , de qualquer maneira acaba que você não tem ganho nenhum, vou desenhar:

      O papel vale R$100,00 e você vende uma call a R$1,00, no exercício o papel está a R$98,00, mais R$1,00, teríamos um total de R$99,00! Cade o ganho nessa operação? O que ganhou na venda das calls perdeu com a desvalorização dos SEUS papeis, você realmente acha que isso é vantajoso? Piada...

      Você pode dizer, mas se eu não tivesse feito isso o papel iria cair do mesmo jeito e eu ficaria somente com R$98,00, agora tenho R$99,00, viu como é bom? O problema é que se o papel dispara em um único mês do ano, você deixa de ganhar um dinheiro monstruoso comparado ao da venda, e muitas vezes acaba não recomprando mais caro e quando acorda um belo dia, depois de algum tempo, o papel está com 30% ~ 50% de valorização, e aí você faz o que? Reclama, mimimi é manipulado....

      Roda um back test simples e verá que essa estratégia no longo não funciona, você gera um rendimento mínimo mensal, no caso do didendos está no ordem de 1.2% ao mês, o problema é que por esse valor ele carrega dois riscos:

      i) risco do papel despencar e ele perder muito mais do que ganhou, nesse caso não considero algo tão relevante, já que ele está montando um posição long e por isso vai ficar comprado de qualquer maneira;

      ii) o papel disparar, um upside de 10% em um mês não é nada anormal, nesse caso para quem tem uma posição grande é um péssimo negócio ser exercido, porque vai pagar uma facada de IR, e aí? As migalhas que você ganhou com a venda vão para a receita;

      Esqueça isso amigão, essa operação não é lucrativa no longo, nem aqui, nem em lugar nenhum no mundo, essa operação é lucrativa para quem compra! Veja o exemplo do dividendos, o sujeito por apenas 1.2% do valor papel, ou seja, pouco mais de R$200,00 consegue montar uma posição equivalente a R$16.000 em um mês, uma taxa realmente boa, ou seja, se o papel cair muito sua perda esta limitada a R$200,00, se subir suas calls vão se valorizando com o tempo, e se disparar multiplica esse valor por 4 ou 5 vezes.E mais, diferentemente da venda, para quem compra, se apenas em 1 mês do ano o papel tiver um upside de 10%, com os ganhos já se paga todas as outras operações dos outros meses.

      PS.: Nem vou discutir sobre "rolamento" porque aí já beira o absurdo do amadorismo.

      Excluir
    2. Ola Crispin
      A ideia de fazer as postagens com informacoes reais eh justamente para termos essas discussoes que estamos tendo. Nao sei se essa estrategia eh vencedora ou nao. Por isso estou testando gradativamente com um % pequeno do meu investimento. Nao me importo de servir de "cobaia", tao pouco de receber criticas pela estrategia. O importante eh irmos avaliando mes a mes o desempenho e tirando nossas conclusoes, principalmente com respeito a opinioes contrarias. Considero que tenho alguns pontos ao meu favor, porem faco questao de continuar postando as experiencias.
      Durante esses 4 meses de teste (periodo que considero curto) consegui me sair bem. Vamos ver daqui pra frente.
      Abraco a todos que estao contribuindo com a discussao.

      Excluir
    3. Crispin,

      seu raciocínio de shortear pensando q vai cair está incorreto neste caso, creio eu.

      Isso vale para ativos, sem sombra alguma de dúvidas.

      Para opções, não. O negócio é mais complexo com elas. Mas uma coisa é básica: todas elas perdem valor com o tempo. A ideia da venda é esperar o valor extrínseco derreter.

      Inclusive, no livro Opções: do Tradicional ao Exótico, o autor menciona que alguns estudos mostram que os verdadeiros vencedores no mercado de opções são os vendedores. Eles têm o tempo a seu favor...

      Mesmo que o papel fique de lado ou suba (até abaixo do strike), vc irá ganhar com a operação.

      Se cair, a venda aliviou parte da queda. E pode ser feita novamente.

      O Bastter desenvolveu um método interessante. Fazer um back-test desses exige bastante conhecimento em programação e tem q estar com uma base de dados bem afiada.... mas está aí algo que eu gostaria de ver...

      Excluir
    4. O Bastter é um belo de um fanfarrão, vi um vídeo que ele soltou esse dias falando disso, manda desconsiderar um monte de coisas, desconsidera isso, desconsidera aquilo, desconsidera o valor da ação e aí depois joga no banco sei lá de que ele desenvolveu.

      Não compensa, sinceramente, você carrega um risco MONSTRO, por mais que não tenha consciência disso, para que possa receber cerca de 1% a.m, e mais, você realmente acha que se vender opções fosse muita vantajoso teria alguém comprando? Para cada venda existe uma compra, o sujeito te paga para você carregar o risco para ele, veja bem, para quem não opera seriamente pode até ser vantajoso segurar risco para os outros, mas para quem realmente entende de bolsa sabe, não compensa.

      Excluir
    5. Se o bastter fizesse boas operações ele nao venderia cursos, livros e espaços publicitarios, muito menos ficaria respondendo no forum e facebook as mesmas coisas todos os dias.

      O site é muito bom, e é onde ele tem retorno.

      Excluir
    6. Nossa Crispin, se vc eh tao bom assim devia vender livros e montar um site tambem.
      Pq nao entra la no forum do Bastter e debate suas ideias - nao paga nada nao manezao.

      Excluir
    7. Aí é que você se engana, todo mundo que realmente entende pelo menos um pouco de finanças não monta site e muito menos escreve de livros de "alto ajuda", salvo raríssimas exceções, como Peter Lynch, quem monta sites e livros, do estilo, fique rico operando opções, normalmente não tem experiência nenhuma no mercado, quantos os anos o Basster tem de experiência? Experiência que eu digo é trabalho no ramo mesmo, não ficar operando DT em casa e achar que é trader.

      Excluir
    8. Prof. Dimarcinho,

      Tudo que o Crispin falou, está corretíssimo.

      E somente acrescento o seguinte (que ele falou implicitamente ) mas que eu gostaria de frizar: a operação venda coberta é classificada na literatura técnica como estratégia bull. Ou seja, o objetivo dela é ser exercido e não o contrário. É uma estratégia com começo, meio e fim e não é pra ser "carregada" todo mes com ativos que vc não deseja vender ou mesmo "rolada" como o Crispin já alertou acima. É igual a vender uma put, porque vc "acredita" que o ativo vai subir ou ficar estável, ponto final. Portanto não é pra ser usada com ativos que vc quer manter em carteira pra longo prazo. E se é pra fazer hedge desses ativos que vc tem em carteira, existem 2 formas: a) mantem o ativo e compra sua put correspondente; b) ou vender o ativo que vc possuia em carteira e depois comprar a sua call correspondente. E não tudo aquilo que o bastter vem adestrando perigosamente esse geração HB há anos. Eu sei que é dificil pra vcs acreditarem nisso, visto que já que estão catequizados por tantos tutoriais superficiais de blogs e youtubes da vida, mas acreditem: vcs estão sendo iludidos. Tanto que existe um velho ditado no mercado norte-americano (bem mais maduro que o nosso...) que a define essa operação com a seguinte frase: "comer feito uma formiga e cagar como um elefante".

      Mas Prof. Dimarcinho, só entrei na discussão porque gostaria que vc me indicasse em que página está do livro do Lauro (Opções Tradicinal Exotico...) que ele escreveu isso que vc falou: " o autor menciona que alguns estudos mostram que os verdadeiros vencedores no mercado de opções são os vendedores". Gostaria de reler isso, porque a princípio, não faz sentido. Mas queria entender em que contexto o Lauro afirmou isso, obrigado.

      Excluir
    9. Achei muito legal a discussão saudável de vocês e estou aprendendo muito com isso. Sou muito amador em relação a venda coberta. Já fiz esta operação cerca de quatro vezes (com PETR, CIEL e BBAS) e felizmente nunca fui exercido.
      Entretanto, felizmente e por sorte nas vezes que fiz com CIEL não fui exercido. Estou com a ação há mais de dois anos e desde então ela mais que dobrou sua cotação. Tive a sorte de fazer esta operação em momentos que ela não deu uma grande subida mensal. Mas se eu fizesse isso todos os meses e resolvesse recomprar a opção caso ela tenha subido muito para evitar ser exercido, tenho certeza de que teria um ganho bem menor com esta ação do que o ganho que tenho com ela hoje. Sim, tenho em mente que CIEL é um caso isolado, pois se eu fizesse isso com PETR e BBAS poderia ter mais ganhos. Mas é um caso a se pensar. Se eu tenho um conjunto de ações no qual eu analisei e tenho a crença de que elas subirão no longo prazo, será que seria vantagem eu lançar opções na esperança de que essa mesma ação não suba? Em palavras mais fáceis seria assim: "Eu acredito que estão ações subirão no longo prazo, mas espero que no curto prazo elas caiam ou pelo menos permaneçam na cotação atual". Acho que é um pouco contraditório se considerarmos que o longo prazo é uma sucessão de curtos prazos somados. Então, fazer lançamento coberto seria apostar que sua ação permanecerá de lado ou cairá mesmo tendo convicção de que você teoricamente escolheu uma empresa bacana de se investir para o longo prazo. Sei lá, é uma coisa que não me entra na cabeça.

      Por outro lado, isso não quer dizer que sou contra o lançamento coberto. Mas acho que aquela obrigação de fazer lançamento coberto todos os meses não seria o ideal. Talvez seria interessante encontrar algum meio de encontrar alguns momentos no qual seria interessante fazer um lançamento coberto, momento este cuja probabilidade da ação subir é menor. Entretanto, isso já seria timing e este é um assunto no qual sou extremamente fraco.

      Abraços e sucesso

      Excluir
    10. Opções: do Tradicional ao Exótico

      Página 83 da 2a edição, na Conclusão, item e), o qual transcrevo aki:

      e) "(...). Talvez seja a perda de valor das opções no tempo que explique, conforme constatado em alguns estudos, o fato de a venda de opções, de forma geral, tanto para hedgers quanto para especuladores, dar retorno maior do que a compra."

      E olha que li esse livro há anos...

      Anônimo,

      vc concorda em tudo com o Crispin? Concorda com essa parte aki tb, ó:

      "se vender opções fosse muita vantajoso teria alguém comprando? (...)"

      Não vou nem comentar essa parte. Mas vou deixar o Crispin raciocinar pq alguém poderia comprar, mesmo sendo a venda, TEORICAMENTE, mais vantajosa...

      Sobre o Bastter ter um site/escrever livros e tals, discordo. Não sei ele, mas, por exemplo, o Gustavo Cerbasi é um investidor bem sucedido.

      E ele gosta de ensinar educação financeira para as pessoas. Ele não faz isso para ganhar dinheiro por necessidade. Faz pq gosta. E aproveita para ganhar dinheiro, o q há de mal nisso?????

      Ficar aposentado sem fazer NADA em casa? Isso ninguém aguenta, as pessoas precisam fazer algo. Fazer o q vc gosta e ainda conseguir ganhar dinheiro com isso é simplesmente sensacional!

      O Bastter investe há décadas, mas não sei da história dele. Dizem que já quebrou e tals, mas enfim. Não sei ao certo.

      Mas o que sei é que não há nada de errado em ganhar dinheiro fazendo o que se gosta. Os vídeos dele são bem realistas e o método q ele inventou (copiou, sei lá) é algo em estudo, então é interessante.

      []s!

      Excluir
    11. Prof. Dimarcinho,

      Quando o autor escreveu “de uma forma geral” isso não é sinônimo de “no longo prazo” ou de “forma consistente no mercado”. Ou mesmo o que vc escreveu: "o autor menciona que alguns estudos mostram que os VERDADEIROS VENCEDORES no mercado de opções são os VENDEDORES."

      Vale vc relembrar também a pág. 27 do mesmo, no último parágrafo : compradores de opções (calls e puts) adquirem um direito como riscos limitados e retornos ilimitados e os vendedores de opções (calls e puts), adquirem uma obrigação com riscos ilimitados e retorno máximo possível ao prêmio recebido caso a opção não seja exercida.

      Pra vc entender melhor o contexto do seu excerto, releia a pág. 33 no tópico “pontos a observar na venda de opções”.

      E vale ressaltar sobre daonde vc retirou esse excerto da pág. 83 que está dentro de um contexto explicativo sobre “venda de opções” (no caso tanto a put como a call) incluindo no raciocínio a existência de um ativo-objeto um pouco diferente de uma ação: no caso uma commodity (café) dentro de uma relação de negócio entre produtor (agricultor) versus consumidor (torrefador) que será concluída dentro de um natural processo de produção inevitável (colheita e torrefação de café) e pairando sobre os dois (produtor/consumidor = hedger) a figura contrária a deles que é a do especulador.

      Sobre o Crispin, sim, ele está certo.

      Mas quando vc ao invés de explicar o que vc "acha" que está errado na afirmação: “se vender opções fosse muita vantajoso teria alguém comprando? (...)". Você “devolve” pra ele como “obrigação de raciocinar”, aquilo que de uma certa forma vc quer se esquivar...

      Sobre Bastter e Cerbasi, critico o que eles distribuem por aí como “conhecimento” e “orientação financeira”. Baseio-me nas suas “obras” e não se na vida pessoal eles são ricos, investidores de sucesso, lindos, cheirosos ou bom samaritanos como vc alega. É vc que está focando no aspecto errado: em vidas imaginadas ou no sucesso pessoal deles, enquanto o certo é focar no aspecto profissional deles: o que eles nos "ensinam" como educadores e consultores financeiros.

      Excluir
    12. Só gostaria de ressaltar q não sou professor.

      Como mencionei: li o livro há alguns anos. Mas isso não desmerece a ideia de que é melhor ser vendedor do que comprador. Se quiser criticar daki pra frente, entre em contato com o autor e peça para ele mostrar os tais estudos.

      Vale lembrar que a página 83 vem após as páginas 27 e 33, ou seja, este trecho desta página já leva em consideração tudo o q veio anteriormente. Ou não?!????? Se a negativa for positiva, então o autor está sendo contraditório.

      Sobre o comentário ridículo do Crispin: POR EXEMPLO, operações de trava. Isso é básico do básico... mas tem mais coisas, as quais realmente não vou colocar aki.

      Sinceramente, o que o Cerbasi prega de tão ruim? Seus textos são para pessoas que estão começando e, desta maneira, acho ótimo. Vc vai começar a ensinar engenharia para uma pessoa sem ela nunca ter visto matemática? Ah, ok!

      Em tempo, não esqueçamos o trecho do livro do Lauro: os vendedores, em geral, tem retornos maiores que os compradores!

      Vc deu vários exemplos do q ele mencionou, mas nenhum deles invalida este comentário dele.

      Ou agoras ações são coisas irreais? O café existe, mas a Ambev não? Eu entendi o q vc quis colocar, mas novamente, misturando as coisas das quais vc acha q entende....

      Excluir
    13. Ah! E o nome do capítulo é Prêmio das Opções

      Não é Prêmio das Opções no Mercado Futuro, como vc tentou deixar a entender o contexto.

      O contexto do exemplo é perfeitamente aplicável a QUALQUER ATIVO!

      Ou neste mesmo capítulo existe alguma ressalva para tal?

      Excluir
  14. E quem te disse que pessoa física não consegue fazer venda de calls a descoberto????
    Vai estudar moleque!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Boa sorte, campeão! Aqui no Brasil para você fazer esse tipo de operação tem que ter uma garantia MONSTO, você não precisa ter a ação mas tem que ter praticamente todo dinheiro equivalente ao seu valor na sua conta ou em alguns outros papeis para garantir, ou seja, pessoa física dificilmente consegue fazer isso, gostando você ou não.

      Excluir
  15. "o papel disparar, um upside de 10% em um mês não é nada anormal" (Crispin, 2013)

    Convido o cidadão Crispin à fazer uma distribuição de probabilidade na assertiva acima...

    ResponderExcluir