sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Indicadores financeiros para pessoa fisica

Ola Pessoal
Estive pensando hoje sobre minha situacao financeira e fazendo uma comparacao com as empresas. Li tambem a pouco o Blog do Corey onde esse comenta sobre a questao de termos metas e objetivos claros para nossa vida. Isso me levou a escrever essa postagem.
Ha pouco tempo apenas me preocupava com aportes. Procurava que esses fossem em grande volume financeiro bem como constantes. Somente a poucos meses, principalmente depois da bela iniciativa do General Investidor de fazer um ranking com as rentabilidades, eh que tambem comecei a acompanhar e dar atencao a esse ponto de extrema importancia, mas ate entao, desconsiderado.
Porem, mesmo assim considero que as avaliacoes sobre as financas pessoais deveriam englobar mais variaveis. Assim como as empresas tem varios indicadores financeiros que levam em conta nao soh seu lucro, mas a empresa como um todo, cruzando varios pontos relacionados, acho que o mesmo deveria ter para as pessoas fisicas. Seria uma forma de podermos monitorar ainda mais nosso desempenho e com isso fazermos os ajustes necessarios e antes disso, elaborarmos metas. Talvez esses indicadores jah existem, porem sao pouquissimo usados. Seria algo do tipo:  % economizado sobre o salario, patrimonio sobre o salario, relacao entre passivo e ativo, custo fixo sobre salario, fluxo de caixa sobre patrimonio...
Acho que muitos desses, se criados e monitorados, ajudariam em muito na disciplina do investidor. Pois quando dizemos que investidor tem tal patrimonio ou tal rentabilidade necessariamente nao mostram todo o contexto. Fica aqui aberta a discussao para que pontos ou que indicadores deveriam ser monitorados para que os investidores tivessem uma visao geral e clara da sua situacao.
Abraco a todos

30 comentários:

  1. Beleza, mais um blogueiro valorizando a Contabilidade.Estou preocupado em diminuir meus custos.

    ResponderExcluir
  2. Olá Dividendos, seu blog é o que mais visito, desde a epoca que tinha uns 7000 visitas.
    Enfim, se puder responder agradeço.
    * Estava vendo a sua carteira e tem muitos FII de papeis na carteira, não cheguei a fazer os calculos, mas acredito que esteja em mais de 50% correto? Tudo mundo fala que o risco e maior e etc. O que acha dessa situação?
    * Bom estou longe de ter o patrimonio que você possui, até pq além dos dados ai divulgados no blog, com certeza vc tem um Bom apartamento, bom carro, e etc, duvido muito que pense como o pobretão de viver como um miseravel para chegar ao 1 milhão. Mas fico pensando. É complicado que no meio do caminho vão surgindo oportunidades, despesas ... Como você age nessas situações. (claro que no momento que você tiver a casa propria e tal diminui essa vontade de ter). Como exemplo posso perguntar, se surge uma oportunidade impar de comprar um imovel, mas isso resulte que vc tenha que vender parte dos FIIs, qual a sua reação.

    * Enfim, perguntei não para saber uma resposta correta, mas o seu ponto de vista. Acho que temos que conversar com gente vencedoras para aprender com elas.
    PS: Sou médico recém formado, 25 anos, Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola
      Fico contente em saber das suas frequentes visitas. Seja sempre bem-vindo a postar e questionar no blog.
      Realmente a fatia de FII de papeis eh grande. Nao me preocupo muito pois a maioria dos CRIs que consultei possuem um rating bom. Outro ponto que reforca isso eh a constante valorizacao das quotas. Uma coisa eh soh eu achar bom, outra sao varias pessoas comprarem o mesmo produto.
      Com certeza nessa jornada as tentacoes sao grandes. As despesas estao sempre aumentando, isso eh um processo normal. Quanto mais se ganha, mas acaba-se gastando (ok, temos algumas excessoes). Procuro controlar dentro do possivel esses aumentos de despesas, mas procuro nao privar minha familia de conforto e seguranca.
      No passado comprei muitos imoveis que julguei com precos bons. Em todos os casos tirei grana que estava aplicada para poder ter uma maior barganha na negociacao. Fiz isso tambem pois nao tinha uma meta clara do que queria para meu futuro. Hoje quero minha IF atravez basicamente de dividendos das minhas aplicacoes. Nada no mundo vai me fazer sair dessa meta a nao ser que eu reveja o planejamento e encontre algum furo (coisa que ate agora nao aconteceu).
      Sucesso na sua carreira de medico.
      Abraco

      Excluir
  3. Ola Dividendos entendi o que você quis dizer e vou dar um exemplo:
    Tem gente que compra um apartamento cujo o valor é 300 mil, mas o saldo devedor seria de uns 200 mil para serem pagos em 20 anos.
    Este cara vai dizer a todos que o patrimônio dele é de 300 mil e não é bem assim. Ele pode dizer que tem um ativo de 300 mil, mas o passivo e de 200 mil então o correto seria dizer que o patrimônio liquido seria de apenas 100 mil.

    Um abração!!!

    Lord.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Lord
      Mais ou menos.
      O que me referi mais foi por exemplo se vc ganha 2k e poupa 1k, percentualmente vc poupa 50% do salario. Se eu ganho 6k e poupo 2k, em valor absoluto estaria melhor, mas percentualmente (que eh o que vale) estaria poupando apenas 33%, ou seja, sua situacao seria melhor que a minha. Isso tambem poderia valer com patrimonio X salario...
      Abraco

      Excluir
    2. Concordo com o dividendos... minha meta já é guardar/poupar/'enfiar em algum lugar', 20% do meu salário a partir do mês que vem.

      60% para despesas fixas e 20% para despesas variáveis (cinema, lazer, remedios, etc)

      Excluir
    3. Entendi, digamos que o investidor "A" tenha 500 mil e consegue um retorno de 8% ao ano então o lucro seria de 40 mil, mas o investidor "B" tem apenas 100 mil mas com uma rentabilidade anual de 15% no que daria um lucro de 15 mil.
      Em termos absolutos o investidor "A" estaria bem melhor 40 mil contra 15 mil.
      Ja em termos relativos o investidor "B" estaria melhor 15% ao ano contra apenas 8%.

      Um abração!!!

      Excluir
  4. Dividendos,

    Acho q o q vc quis dizer é que a pessoa tem que olhar a vida como um todo, os custos de vida, despesas, imoveis, não apenas o patrimônio guardado né?

    Esse ponto é importante, as vezes uma pessoa com uma vida frugal e 700k investido está muito melhor de vida do que alguém com alto salario e 2M investidos, pois caso a fonte de renda se esgote, a pessoa não sobrevive por muito tempo.

    é +ou- como fazer um balancete pessoal, que alias, faço anualmente :P

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Dona Ostra
      Bingo. Por exemplo, talvez o Ze Mobral esteja (e provavelmente deve estar) numa situacao financeira muito melhor que a minha. Que indicador usamos para medir nossa situacao financeira pessoal?
      Abraco

      Excluir
    2. Dividendos, não sei se existe um 'indicador oficial' para isso rsrs

      o que faço são alguns numeros,
      - (renda passiva + renda de portfólio) = lucro real obtido

      - lucro real / despesas totais (alguns lugares chamam de tx de riqueza)

      - divisão do patrimonio liquido pelo valor das despesas anuais, considero q esse número tem q ser crescente, seja por aumento do patrimonio ou diminuição das despesas, é esse valor que mostra o crescimento do meu patrimonio x custo de vida

      tem um outro calculo que não utilizo há algum tempo que é a capacidade de poupança = Valor guardado mensalmente / Renda mensal líquida

      que tal? :P

      ahh e dá p tirar o captcha do blog? rsrs

      Excluir
    3. AChei ótimos esses indicadores...
      Eu uso alguns diferentes tb, como:
      a) lucro real / despesas totais; (mensal e anual)
      b) Patrimonio total / Patrimonio meta de IF; (divulgo no blog)
      c) Patrimonio meta = média desp. mensais últimos 12m * 12 / 0,04

      Excluir
    4. Captcha retirado...sugiro a todos que facam o mesmo.

      Excluir
  5. Fala Dividendos. Tento manter a seguinte proporção: 10% poupança, 20% bolsa, 70% custo fixo; variando meses que coloco os 30% na bolsa, sem poupança. Felicidades.

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Investidorfinancero
      A questao seria apenas, no seu caso, monitorar se a parcela (%) que consegue poupar todo o mes eh constante ou se hah grandes oscilacoes.
      Abraco

      Excluir
  6. Cara, bem legal sua ideia!! Com ctz deve ter algo disso por aí, o Portinho mesmo tem uma tabela que calcula qual seria o seu índice de independência financeira. Ele divide o qto vc ganha em rendimentos pelas suas despesas!

    Achei bem interessante sua ideia, vou ver se penso em coisas do gênero! hehehe

    []s!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Dimarcinho
      Exatamente, avaliacoes desse tipo.
      Quero ver se "crio" pelo menos 2 que considero interessantes e importantes e vou comecar a usar mensalmente.
      Abraco

      Excluir
  7. Olá Dividendos, li seu post e o do Corey, ambos são bem legais, sempre me interessei por estes assuntos, veja no link um trabalho que achei muito interessante http://www.visaoeacao.net/uploads/4/0/6/4/4064887/t6_0115_0294.pdf
    Abraço e bom fds

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Rico a cada dia
      Jah usei o BSC na empresa que trabalhava, mas faz um bom tempo e nao lembro dos detales. Vou dar uma lida com mais calma no link.
      Abraco

      Excluir
  8. Olá.

    Hoje o que eu faço é ver os ativos, passivos, calcular o patrimonio líquido e ver o índice de endividamento de curto e longo prazo e total.

    Mas o indicador interessante aí seria dividir seu dinheiro de curto prazo pelas suas contas mensais. Esse número representa qtos meses de sossego vc pode ter em caso de demissão, e como regra geral o pessoal usa 6 como base. É o colchão de segurança, normalmente fica em lugar seguro, poupança ou cdb.. Mas vc pode i além e observar também o dinheiro de médio e longo prazo sobre seus gastos mensais. Nesse caso, quanto maior melhor.

    ResponderExcluir
  9. Olá Dividendos,

    Utilizava e divulgava minha taxa de riqueza.

    http://investidordefensivo.blogspot.com.br/search/label/taxa%20de%20riqueza

    abs

    ResponderExcluir
  10. Olá dividendos!

    Obrigado pela citação. Eu tb passei a dar mais valor a rentabilidade depois do ranking do general. Concordo que somente o tamanho da carteira não quer dizer muita coisa sobre a "riqueza" de uma pessoa Na minha opinião, não existe um cálculo absoluto pra isso, já que as variáveis são muitas.

    Um item que acho de grande importância é o fluxo de caixa. na minha opinião, ter 500k com bom fluxo de caixa é melhor que ter 1kk sem liquidez e rendimento periódico. Tb acredito na taxa de riqueza por ser algo mais fácil de enxergar.

    Abraço!

    Corey

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Corey
      Concordo que o fluxo de caixa e a taxa de riqueza são 2 pontos que dizem muito e provavelmente irei usa-los. Devo adicionar também algo relativo ao salário, por exemplo patrimônio/salário, ou seja, quantos salários temos de patrimônio acumulado.
      Abraço

      Excluir
  11. Olá dividendos! Já acompanho seu blog faz algum tempo e resolvi começar um blog nessa linha de investimentos junto com a Sra. Frugal.

    Achei muito legal esse tipo de pensamento, tentar medir a saúde financeira através de vários indicadores e não somente pelo montante investido.

    Assim que embalar as minhas postagens vou tentar aplicar esses conceitos nas minhas planilhas de investimentos.

    Abraços!

    Sr. Frugal

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Casal Frugal
      Obrigado pelo seu comentário e visita ao blog e sejam bem-vindos a nossa comunidade.
      Abraço

      Excluir
  12. Parabéns pela sua independência financeira! Agora que você já está livre, me indica aí para o seu emprego, pois com grana para fazer aportes mensais de 30k deve ser um ótimo emprego! Hehehehehe

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola Anonimo
      Obrigado pelo comentario, mas ainda nao atingi minha IF.
      Com relacao ao meu emprego, realmente tenho um bom salario, mas exige alguns sacrificios bem dificeis.
      Abraco

      Excluir
  13. Gostei muito da ideia desses indicadores, vou postar alguns para ver o que acontece no meu blog! Abraco

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
  14. Ola MI
    Tambem vou comecar a postar alguns mensalmente.
    Abraco

    ResponderExcluir
  15. Dividendos,

    Vc que pensa bastante em dividendos. Saiu esta matéria na Exame:

    "São Paulo – Os investidores focados em dividendos que ultimamente andam decepcionados com o setor de energia elétrica por conta das revisões tarifárias e mudanças nas perspectivas das queridinhas de sempre, como a AES Tietê (GETI3; GETI4) e a Cteep (TRPL3; TRPL4), agora têm mais uma opção que promete entregar bons proventos por algum tempo.

    A nova opção da turma é a transmissora de energia Transmissora Aliança de Energia Elétrica (TAEE11), empresa que é uma subsidiária da mineira Cemig (CMIG3; CMIG4). Antiga Terna Participações, a Taesa opera 13 concessões cedidas pela agência reguladora Aneel por um período de 30 anos e 6.250 linhas de transmissão, 47 subestações e um centro de controle.

    “Com receitas de R$ 1,8 bilhão ao ano e concessões que só começam a expirar em 2030, a empresa tem uma exposição mínima aos complicados eventos regulatórios como as revisões de tacas e de concessões”, destacam em relatório os analistas do BTG Pactual, Antonio Junqueira e João Pimentel.

    http://exame.abril.com.br/mercados/analises-de-acoes/noticias/analistas-indicam-nova-acao-para-os-orfaos-dos-dividendos

    Abs

    Paulo M

    ResponderExcluir